Showing 13 results

Archival description
ARQUIJUS Perdas e Danos Brazilian Portuguese
Advanced search options
Print preview Hierarchy View:

A.D.S.C.

Em 30 de julho de 1974, um veículo colidiu violentamente contra o veículo de Agnaldo de Souza, causando-lhe grandes danos. O impasse foi resolvido com um acordo entre as partes e homologado pelo Juiz.

1ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

A.F.S.

.

9ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

C.R.B.D.S.

.

9ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

D.S.L.

Trata-se de uma indenização para reparação de danos referente a uma colisão ocorrida na BR 101 que dá acesso a Cidade de Siriri entre o veículo da Distribuidora Silvestre Ltda. e o veículo da Construtora Noberto Odebreccht, Sendo esta condenada ao pagamento de Cr$ 121.750,00 (cento e vinte e um mil, setecentos e cinquenta cruzeiros).

1ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

E.S.

No dia 14 de junho de 1974, um passageiro de um ônibus da Empresa Senhor do Bonfim, caiu pela porta traseira vindo a falecer. A companheira da vítima procurou a Companhia de Seguros Bahia munida de toda a documentação necessária para a devida indenização, porém a mesma se eximiu do cumprimento da obrigação, o que levou a companheira da vítima a entrar com a presente Ação.

1ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

J.A.S

Trata-se de uma Ação Indenizatória na qual o réu usando de arma de fogo atira na vítima, deixando-a incapaz de exercer sua atividade laborativa, impedindo-o do exercício de qualquer atividade civil. Foi feito um acordo entre as partes e o pedido de desistência do processo, o que foi homologado pelo Juiz.

1ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

J.M.D.S.

Trata-se de uma ação movida por J.M.D.S. contra a S.P.C.N. D.S. que se negou a pagar o seguro de que o autor tem direito por seu filho ter sido atropelado e falecido, apesar de ser apresentada a documentação necessária para tal pagamento. Foi firmado acordo entre as partes e pedido a desistência, o Juiz extinguiu o processo.

1ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

J.O.L.

O autor contratou a Corintall Perfurações Ltda. para perfuração de um poço tubular em sua propiedade, porém a mesma não cumpriu o prazo contratado, motivo este que o levou a requerer judicialmente indenização pelos prejuízos causados. Foi determinada a remessa dos autos ao Cartório da Contadora para aferição do quantun a ser executado. Após isso o autor foi intimado para emendar a inicial e atualizar o débito, porém o autor não cumpriu o prazo concedido, o que resultou na extinção do processo.

9ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

M.D.L.S.

Trata-se de uma ação movida por M.D.L.S. contra a C.E.D.S. que se negou a pagar o seguro de que a autora tem direito por seu filho ter sido atropelado e falecido, apesar de ser apresentada a documentação necessária para tal pagamento. Foi firmado acordo entre as partes e pedido a desistência, o Juiz extinguiu o processo.

9ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

O.B.D.J.

Em 08 de abril de 1982, o autor teve seu dedo indicador direito perdido ao trabalhar em uma prensa, em razão disso perdeu várias oportunidades de trabalhar em outras empresas. Requer ao Juiz o pagamento da indenização devida. O Juiz julgou a ação improcedente porque nos depoimentos das testemunhas não foram suficientes para comprovar a culpa da ré.

9ª Vara Cível da Comarca de Aracaju

Results 1 to 10 of 13